terça-feira , novembro 13 2018
Capa / Seu Dinheiro / Contas de água, luz e gás em atraso atingem nível recorde
Contas de água, luz e gás em atraso atingem nível recorde

Contas de água, luz e gás em atraso atingem nível recorde

Inadimplência de consumidores nesses três serviços correspondeu a 17,9% do total dos pagamentos de consumidores em atraso, segundo dados da Serasa

 

As dívidas dos brasileiros em atraso somavam em março 239 milhões de reais, segundo levantamento da empresa de informações sobre crédito Serasa Experian divulgado nesta segunda-feira. No caso das contas de água, luz e gás, que representam 17,9% do total, a inadimplência é a mais alta desde que a pesquisa começou a ser feita, em junho de 2014. Em março de 2015, o porcentual era de 15,1%.

A inadimplência também bateu recorde no segmento de serviços, chegando a 11,4% do total em março deste ano. No mesmo mês de 2015, a fatia era de 11,2%. "Os mais afetados com a situação econômica atual são aqueles que vivem daquilo que recebem e não fazem nenhum tipo de reserva ou poupança financeira. Ao perderem o emprego, essas pessoas não conseguem honrar os compromissos financeiros e caem na inadimplência", explica Luiz Rabi, economista da Serasa Experian.

Para ele, o crescimento da participação de utilities (água, luz e gás) no ranking da inadimplência denota o agravamento da crise, uma vez que os consumidores tendem a manter esses pagamentos em dia para não terem o fornecimento interrompido.

As empresas que mais sofrem com calotes, no entanto, continuam sendo os bancos e as operadoras de cartão de crédito. Em março, os dois segmentos representavam 27,2% das dívidas em atraso, também acima do nível de um ano atrás: 26,9%. O novo patamar, porém, está abaixo do recorde atingido na primeira edição da pesquisa, de 31,6%.

Estudo publicado pelo Serasa no início de abril mostrou que o número de inadimplentes no Brasil chegou a 60 milhões de pessoas, um recorde desde que a empresa passou a fazer o levantamento, em 2012.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*