segunda-feira , julho 16 2018
Capa / Comportamento / Vídeo sobre Salvador é considerado racista por internautas
Vídeo sobre Salvador é considerado racista por internautas

Vídeo sobre Salvador é considerado racista por internautas

Um vídeo promocional sobre Salvador virou alvo de críticas dos internautas. Produzido pela empresa Salvador Destination, o clipe tem o objetivo de fomentar o turismo na capital por meio de imagens das belezas naturais e de um povo alegre e festeiro. Entretanto, a ausência de personagens negros foi a principal reclamação de quem assistiu ao vídeo no Youtube.

"Onde está essa Salvador? Onde está os 80% pardos, mulatos, negros? Triste viu!? Repensem esse vídeo. Chega ser ofensivo", escreveu a internauta Maria Nazaré. "Este é o vídeo mais racista que eu já assisti em toda minha vida", disse outro usuário da rede.

Outras pessoas compararam o cenário mostrado nas imagens com o de outros países que possuem a maioria da população branca, entre eles a Noruega.

Os poucos negros que aparecem na peça publicitária fazem parte do estereótipo já difundido para fora do estado, como capoeiristas, baianas de acarajé e adeptos do candomblé. Todos os outros (empresários, turistas, pessoas que se encontram em restaurantes ou lugares turísticos etc) são brancos.

"Se fosse para ser uma ficção estaria ótimo. Mas como retrato da realidade é a pior produção que já vi. Claro que ninguém mostra suas mazelas num vídeo-convite, porém esvaziar a diversidade cultural, racial, arquitetônica e outras que fazem Salvador ser o que é, é demais até para gringo ver", ressaltou a internauta Marilucia Leal.

 

Confira o vídeo:

 

Apesar das críticas, outros internautas defenderam a produção. "Objetivo: mostrar a cara de quem viaja Salvador a turismo ou a negócios. Missão cumprida. E a raça negra foi bem representada na população local. Lógico que selecionaram entre todos os atores gente bonita. Vcs fariam o quê para 'vender' o destino? Vão colocar lixo e violência na propaganda?", disse Antonio Neto, que recebeu mensagens contrárias e a favor.

A Prefeitura de Salvador afirmou ao Portal A TARDE que não possui nenhuma ligação com o vídeo. Além disto, informou que a Salvador Destination é uma empresa independente, composta por empresários, e mantém relação com a prefeitura apenas no sentido da promoção do turismo. Quanto à utilização da marca de Salvador, a Prefeitura informou que qualquer empresa ligada ao turismo pode incluir a marca em seus produtos.

Em nota, a Salvador Destination ressaltou que o vídeo é um "instrumento para a captação de eventos e de fluxo de visitantes para a cidade de Salvador". Confira o comunicado na íntegra:

"A Salvador Destination produziu um vídeo promocional, instrumento auxiliar para a captação de eventos e de fluxo de visitantes para a cidade de Salvador, onde apresenta uma cidade antiga e moderna com sua diversidade cultural e sua alegria.

Todo o nosso trabalho é na busca de ingressos para a economia da cidade, através do visitante de congressos. No curto prazo, isso significa uma quantidade de recursos adicionais para a manutenção das empresas de turismo e dos empregos que geram, principalmente na hotelaria, que passa dificuldades e é o principal empregador do setor, e demitiu recentemente mais de 6,5 mil pessoas no estado em função da crise (segundo o Sindhotéis).

Prestes a completar um ano em novembro, a Salvador Destination já conquistou 15 eventos para a cidade e trabalha na confirmação de outros 28. Estes 43 congressos vão significar um incremento na economia da cidade em cerca US$ 72 milhões e um fluxo extra de cerca de 80 mil pessoas até 2018."

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*