domingo , dezembro 16 2018
Capa / Economia

Economia

Os negros, a cidadania, a economia e a escravidão

Os negros, a cidadania, a economia e a escravidão

*Por João Mendes de Jesus Tem um pensamento que eu gosto muito. Mais do que gostar, eu acredito neste pensamento, porque, para mim, ele significa a verdade. “Raça não existe; o que existe é a espécie humana”. Quando o homem, ou melhor, a humanidade se organizou em sociedades. Quando ela passou a dominar a agricultura e, conseqüentemente, construir cidades para alojar milhares ou milhões de pessoas, a luta pelo controle político e pela hegemonia econômica recrudesceu. Desta luta deriva todo tipo de preconceito, inclusive o pior deles: o racismo. O preconceito do racismo é a forma mais infame e cruel de intolerância moral que o ser humano pôde expressar, porque se trata da negação da vida, da negação de Deus. ... Leia Mais »

Cidadão pode contratar seguro de vida em lotéricas com valor a partir de R$ 30 ao ano.

Cidadão pode contratar seguro de vida em lotéricas com valor a partir de R$ 30 ao ano.

O mercado de seguros direcionado à classe C tem crescido nos últimos anos e já representa um segmento promissor para o ramo. Uma modalidade de simples contratação é o Seguro Amparo, que pode ser adquirido em qualquer casa lotérica. O segurado paga a partir de R$ 30 por ano e já sai com a apólice em mãos. O direito mínimo é de R$ 2 mil para a família em caso de morte acidental, além de assistência funeral e três meses de cesta básica para a família. Para chegar ainda mais próximo desse novo mercado, serão realizadas vendas diretamente nas comunidades carentes, começando pelo Morro Santa Marta, em Botafogo, no Rio de Janeiro. O Seguro Amparo pode ser adquirido em qualquer casa lotérica ou ... Leia Mais »

Aprovado Crédito Especial para MEI

Aprovado Crédito Especial para MEI

Foi aprovada pela Comissão de Finanças e Tributação a criação de uma linha de crédito especial para o Microempreendedor Individual – MEI. Essa linha de crédito teria taxas reduzidas e subsidiadas pelo governo, a fim de estimular a atividade da categoria. O projeto é de elaboração do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), registrado como Projeto de Lei 940/15. Segundo o texto do projeto, se aprovado, o Executivo seria obrigado a regulamentar linha especial de crédito para o Microempreendedor Individual com definição de taxas máximas de juros, valor de empréstimo, prazos e outras exigências. Ainda de acordo com o projeto de lei, referidas linhas de crédito especial seriam disponibilizadas pela Caixa Econômica Federal, o Banco do Brasil ou instituições financeiras privadas que operem microcrédito. A diferença desse crédito para ... Leia Mais »

A história da Black Friday

A história da Black Friday

Por Kimberly Amadeo Atualizado em 24 de novembro de 2017 A história da  sexta-feira negra  começou muito mais cedo do que as pessoas pensam. O dia após o Dia de Ação de Graças foi o começo não oficial da temporada de Natal desde o final do século XIX. O presidente Lincoln designou o feriado de Ação de Graças na última quinta-feira de novembro. O dia depois do Dia de Ação de Graças não foi chamado Black Friday, então. Isso porque o nome foi associado com 24 de setembro de 1869. Dois especuladores, Jay Gould e James Fisk, criaram um boom-and-bust nos preços do ouro . Seguiu-se uma queda no mercado de ações, já que os preços caíram 20%. A interrupção nos preços do ouro enviou preços de commodities que caíram 50%. A corrupção no Tammany Hall permitiu que ... Leia Mais »

As Sociedades Dos Negros Tem Uma Economia Muito Atrasada Porque A Única Coisa Que Os Negros Compreendem É O Consumo

As Sociedades Dos Negros Tem Uma Economia Muito Atrasada Porque A Única Coisa Que Os Negros Compreendem É O Consumo

Verdades inconvenientes sobre África na perspectiva de um Judeu. Jornalista: Porque que as sociedades dos negros tem uma Economia muito atrasada?  Líder Judeu: A única coisa que os negros compreendem é o Consumo. Os negros não entendem a importância de criar e construir riqueza. A regra fundamental é manter o seu dinheiro dentro do seu grupo racial. Nós judeus construímos o negócio judaico, contratámos judeus, compramos e gastamos produtos judaicos. Não há nada de errado com isso, mas é uma regra básica que os negros não compreendem e nem seguem; “Eles matam seus companheiros negros diariamente em vez de querer ver seu companheiro preto bem sucedido” 93% dos negros mortos nos Estados Unidos e na África foram mortos por negros. ... Leia Mais »

O NEGRO NA ECONOMIA

O NEGRO NA ECONOMIA

A formação do Brasil veio com as descobertas de terras distantes para extração de minerais (ouro, ferro, prata, diamante, etc,) e vegetais (madeiras, etc.). O fato das descobertas gerou grande reboliço na Europa e África, onde viviam os grandes mercadores e aventureiros, bem como a mão-de-obra que era utilizada para o trabalho que os donos do poder queriam implementar. Os barcos que traziam os descobridores e até mesmo os piratas que atacavam e saqueavam os navios que retornavam com riquezas, eram remados pelos negros abundantes na África. Foi nestas circunstâncias que o negro teve a sua integração na economia brasileira, com uma história triste e abominável. A participação dos negros na economia brasileira é um retrocesso na história, pois faz ... Leia Mais »

O milionário negro que a história dos EUA esqueceu

O milionário negro que a história dos EUA esqueceu

Segundo historiador australiano, Jeremiah Hamilton, que operava no mercado imobiliário e em Wall Street, morreu em 1875 com fortuna estimada no equivalente a US$ 250 milhões. Jeremiah G. Hamilton desapareceu da História cerca de 20 anos após sua morte, em 1875. Mas em vida, ele marcou época como o único corretor negro em Wall Street, centro financeiro de Nova York, e o único milionário negro nos Estados Unidos no século 19. "Ele foi mencionado na imprensa apenas quatro vezes nos últimos 100 anos, mas três dessas menções contêm erros: uma pessoa achou que ele era branco, que tinha se bronzeado em uma viagem e, por isso, pensaram que era negro. Outra achou que o nome dele no texto que estava ... Leia Mais »